Please reload

Recent Posts

Nossas Vovós eram mulheres sábias

July 1, 2017

A ciência do planejamento financeiro pessoal, por mais complexa que possa parecer, sempre volta ao princípio básico: é preciso ter reservas para enfrentar os momentos difíceis da vida. Quanto maiores as reservas, melhor.

  

   Nossas avós guardavam moedas em vidros de compota, latas de mantimentos na cozinha ou em alguma peça de roupa no quarto, locais que somente elas conheciam. Cada vez que iam às compras, o troco ia para esses esconderijos secretos. O vovô nem tomava conhecimento desse primitivo planejamento financeiro. Mas quando acontecia de faltar dinheiro para o pão ou leite das crianças, as moedas necessárias surgiam milagrosamente. Quando a neta saía com o namorado pela primeira vez, novamente aparecia o dinheiro para comprar um vestido à altura do acontecimento.

  

   Naquele tempo, não se falava em inflação, não havia bancos em cada esquina e a solidariedade entre os vizinhos era bem maior do que hoje em dia. Mesmo assim, todos sabiam que era preciso poupar para dificuldades que poderiam surgir a qualquer hora.

  

   Infelizmente, a inflação das últimas décadas em nosso país acabou com o sadio conceito da poupança. Todos nós precisamos cultivá-la novamente, pois é a única forma de superar os novos tempos de globalização e desemprego. Esta verdade vale tanto para nossos governantes e legisladores e suas gastanças irresponsáveis como para nós mesmos.

 

   Gostaria de fazer um breve comentário sobre o ato de poupar, não estou dizendo para deixar o seu suado dinheiro parado nessa modalidade de “investimento” nos grandes bancos de varejo, pois a cada dia é uma vergonha o que esses bancos pagam para os seus investidores/correntistas, hoje em dia existe outros tipos de aplicações muito melhores que a poupança, basta vocês se informarem em bancos de investimentos e corretoras de valores, hoje em dia isso é muito fácil e, mais uma vez quero deixar bem claro que bancos de varejo é a pior opção para fazer investimento.

 

   Permitam-me fazer uma homenagem às minhas vovós Severinas, sim as minhas duas vovós se chamavam Severina, tinha a vovó Severina Queiroz de Oliveira por parte de minha mãe e tinha a vovó Severina Pedro da Silva (Vó Nininha) por parte de meu pai. Saudades dessas mulheres guerreiras...

 

 

 

Biografia: Frankenberg, Louis. Seu Futuro Financeiro, Editora Campus, 1999.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Archive

Redes Sociais:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

financexperto

Copyright © 2017 financexperto

Planeje seus gastos, pois planejar vem antes de gastar!!!

“Quem de vós, querendo fazer uma construção, antes não se senta para calcular os gastos que são necessários, a fim de ver se tem com que acabá-la?" Lucas 14:28

 

O desejo de consumo é inerente ao ser humano, mas sempre deve ser precedido pelo planejamento financeiro. Marcar os ganhos e os gastos, monitorar rotineiramente, e agir no dia-a-dia para não perder o controle gerenciando suas compras é fundamental.