Please reload

Recent Posts

7 filmes para refletirmos sobre educação e planejamento financeiro

July 30, 2017

Tenho observado que atualmente a educação financeira e/ou planejamento financeiro vem sendo tema de conversas entre algumas pessoas, mesmo ainda sendo um tabu para a grande maioria. Pensando nisso e sendo eu um grande admirador da sétima arte, resolvi separar alguns filmes sobre esse tema.

 

Porém, antes de qualquer coisa, gostaria de deixar um comentário na qual nesses últimos tempos estamos sendo bombardeados constantemente nos meios de comunicação (televisão, internet, rádio, revistas, jornais etc) sobre consumismo em geral, ofertas de todo tipo de produtos, por exemplo, compras de celulares (todos os meses tem lançamentos de novos modelos e as pessoas querem sempre ter o mais moderno/atual), televisão de LED (smart tv), automóveis (o brasileiro vive trocando de carro, isso não é tão comum em outros países) etc.

 

Reflitam sobre isso, pois esses filmes que estou listando é para “provocar” a cada um de nós sobre como estamos lidando com o nosso dinheiro, que é tão difícil de obter e tão fácil de gastar com tanta gente querendo subtrair de nós por meio de tantas manobras de marketing de consumo.

 

Tudo isso e mais o desemprego, tem gerado um grande aumento de inadimplentes que no 1º semestre de 2017 chegou a 59,8 milhões de pessoas e nossa população é de quase 208 milhões, ou seja, tem muita gente passando aperto.

 

Desta forma, venho me esforçando para transmitir a importância da educação financeira e de um bom planejamento financeiro, pois isso precisa fazer parte do cotidiano de nossa população.

 

Vamos aos filmes...

 

1) À Procura da Felicidade (2006)

 

Trata-se de um filme baseado em uma história real, a trama gira em torno do drama de Chris Gardner (Will Smith), um pai de família que enfrenta sérios problemas financeiros. Apesar das tentativas de manter a família unida, sua esposa acaba indo embora, deixando Chris sozinho com o filho Christopher, de apenas cinco anos. Pensando em dar uma vida melhor para seu filho, ele acaba aceitando um estágio não remunerado em uma grande corretora de ações, na esperança de que quando termine o programa, ele seja contratado. Um verdadeiro exemplo de persistência em busca de um objetivo é algo que filme mostra constantemente para o espectador.

 

2) O Lobo de Wall Street (2013)

 

Após perder o emprego em uma corretora de Wall Street por causa da Black Monday, o ambicioso Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) passa a trabalhar em uma empresa de fundo de quintal que lida com ações de baixo valor. É lá que ele tem a ideia de criar uma empresa focada neste tipo de negócio: vendas de valores mais baixo, mas com um retorno bem mais vantajoso. Jordan, no filme, tirou de um momento ruim uma ideia que mudou toda a vida dele. A história ajuda a refletir sobre como as dificuldades que aparecem estão sendo tratadas e as oportunidades que podem surgir ao longo da vida.

Neste filme, Leonardo DiCaprio nos ensina que o sucesso pode surgir nos lugares mais improváveis. Após perder seu emprego bem-sucedido em uma corretora de Wall Street, Jordan Belfort, movido pela sua ambição, torna-se o mais novo funcionário de uma empresa de fundo de quintal, responsável por lidar com papéis e valores menores. Inspirado nesta ideia, Jordan monta sua própria empresa, a Stratton Oakmont, e consegue dar a volta por cima, experimentando o doce sabor do sucesso.

 

3) A Grande Virada (2010)

 

O filme conta a história de três homens que precisam sobreviver em meio a uma redução de custos da empresa em que trabalham, e o quanto essa decisão corporativa afetou suas vidas e carreiras.

E é em meio a essa trama que Ben Affleck, Kevin Costner e Tommy Lee Jones revelam como uma crise econômica pode impactar as estruturas internas de uma empresa. A Grande Virada mostra que precisamos sempre nos reciclar e buscar aperfeiçoamento para acompanhar as mudanças do mercado e superar qualquer sinal de crise que possa enfraquecer nossas economias ou investimentos.

 

4) A grande aposta (2015)

 

Michael Burry é dono de uma empresa de médio porte, que decide investir muito dinheiro do fundo que coordena ao apostar que o sistema imobiliário nos Estados Unidos irá quebrar em breve. Essa decisão gera complicações com os investidores já que nunca antes alguém tinha arriscado contra o sistema e levado vantagem. O corretor Jared Vennet logo começa a oferecer a oportunidade desse investimento aos seus clientes e dois iniciantes na bolsa de valores também percebem que podem ganhar dinheiro ao apostar na crise imobiliária. Com uma ótima reflexão sobre o que fazer com o dinheiro, a Grande Aposta mostra que existem vários caminhos para se tomar e que em todos a segurança nunca é certa, por isso, é necessário sempre ficar atento.

 

5) Os Delírios de Consumo de Becky Bloom  (2009)

 

Rebecca Bloomwood é uma garota que tem o grande sonho de um dia trabalhar em sua revista de moda favorita, mas Becky tem um grande problema: adora fazer compras e seu vício a leva à falência. Quando está prestes a realizar seu sonho, ela começa enfim a repensar suas ambições. O filme aborda um tema recorrente a muitas pessoas, o consumo excessivo. Em pleno século XXI, as novidades que o capitalismo nos traz não param de chegar e acabam virando uma tentação na vida de muitas pessoas. Os delírios de consumo de Becky Bloomé um bom filme para repensar a vida econômica e  se estamos consumindo mais do que o necessário, pois um dos grandes inimigos da educação financeira é o consumismo desenfreado. No filme, a personagem Becky Bloom divide suas experiências com o público, mostrando o quanto a falta de planejamento financeiro e os gastos extras podem levar alguém à falência rapidamente. Apesar de ser ficção, é comum encontrarmos pessoas nesta condição, por isso, nada melhor do que mostrar por meio de um filme quais são as consequências de uma vida financeira mal planejada.

 

6) Até que a sorte nos separe 1 (2012), 2 (2013) e 3 (2015)

 

Essa trilogia brasileira conta a história de Tino, um pai de família comum, que vê sua vida virar de ponta-cabeça após ganhar na loteria. Levando uma vida de luxo com a sua família, ele gasta todo o dinheiro em 15 anos. Ao se ver quebrado, conta com a ajuda do vizinho Amauri, que é consultor de finanças, para enfrentar  a crise e tentar evitar que sua esposa Jane descubra a nova situação financeira da família. Em todos os três filmes podemos ver como o descontrole pode acabar rapidamente com o que se tem e é outro filme que pode fazer com que se tire grandes lições sobre a importância da economia familiar.

 

7) Jogo do Dinheiro (2016)

 

O personagem Lee Gates (George Clooney) é o apresentador do programa de TV "Money Monster", onde dá dicas sobre o mercado financeiro mesclando com performances típicas de um popstar. Um dia, um desconhecido (Jack O'Connell) invade o programa exatamente quando ele está sendo gravado e, com um revólver, obriga Lee a vestir um colete repleto de explosivos. Patty Fenn (Julia Roberts), a produtora do programa, imediatamente ordena que o mesmo saia do ar, mas o invasor exige que ele permaneça ao vivo, caso contrário matará Lee. Assim acontece e, a partir de então, tem início uma investigação incessante para descobrir quem é o sequestrador e algum meio de salvar todos os que permanecem no estúdio. Paralelamente, a audiência do programa sobe sem parar e todos passam a acompanhar o que acontecerá com o apresentador.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Archive

Redes Sociais:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

financexperto

Copyright © 2017 financexperto

Planeje seus gastos, pois planejar vem antes de gastar!!!

“Quem de vós, querendo fazer uma construção, antes não se senta para calcular os gastos que são necessários, a fim de ver se tem com que acabá-la?" Lucas 14:28

 

O desejo de consumo é inerente ao ser humano, mas sempre deve ser precedido pelo planejamento financeiro. Marcar os ganhos e os gastos, monitorar rotineiramente, e agir no dia-a-dia para não perder o controle gerenciando suas compras é fundamental.