Please reload

Recent Posts

Você sabe o que é KAKEBO? Trata-se de um método japonês que pode ajudar a economizar até 35% do salário

O kakebo foi projetado para ajudar as mulheres a administrar a economia doméstica, de acordo com o autor de um livro sobre esse método japonês de poupar.

 

Economizar é um dos propósitos que temos, geralmente, sempre que recebemos o salário. E muitas vezes falhamos: acabamos poupando menos do que desejávamos ou até sem guardar nada.

 

Mas há diferentes métodos e técnicas para tentar guardar dinheiro.

 

Os japoneses usam uma ferramenta que os ajuda na tarefa: o kakebo, que exige uma certa metodologia, mas não precisa de muitos recursos - apenas um caderno, uma caneta, perseverança e força de vontade.

 

Dizem que a pessoa que guarda não é aquela que gasta menos, mas aquela que gasta com sabedoria. Então, se você é um bom administrador ou daqueles que têm dificuldade em sobreviver até o fim do mês, aqui você pode descobrir uma nova maneira de, pelo menos, tentar aumentar suas economias.

 

 

Origem do termo

 

kakebo é a palavra japonesa para definir "livro de contas domésticas", sua primeira publicação foi em 1904, numa época em que poucas mulheres trabalhavam fora e eram responsáveis única e exclusivamente na criação dos filhos e no gerenciamento do dinheiro e despesas de suas famílias. As mulheres também eram responsáveis pelo Okozukai (お小遣い), uma espécie de mesada entregue aos maridos mensalmente.

 

Chiba conta em seu livro "Kakebo: A arte japonesa de poupar dinheiro" que a ideóloga desse método foi Hani Motoko (Japão, 1873–1957), uma mulher à frente do seu tempo e testemunha das mudanças sociais, considerada filha da revolução e da modernização do país. Fez parte da primeira geração de mulheres do então recém-inaugurado instituto feminino de ensino superior de Tóquio, tornando-se a primeira jornalista do Japão. A intenção dela era encontrar uma maneira de ajudar as esposas a administrarem a economia familiar de maneira eficiente.

 

 

Embora o Japão seja uma cultura tradicional em muitos aspectos, o kakebo foi uma ferramenta libertadora para as mulheres, porque lhes dava controle sobre as decisões financeiras", escreve Chiba em sua obra.

 

Hoje, apesar do fato de já existirem vários aplicativos no mercado com os quais você pode controlar suas receitas e despesas no celular, esses livros de contas ainda são comercializados no Japão.

 

Eles geralmente são vendidos no início de cada ano e, de acordo com Chiba, são bastante populares.

 

 

O método japonês

 

A tarefa pode ser bastante trabalhosa, especialmente no começo, mas esse também é um dos motivos do sucesso, dizem os especialistas.

 

Primeiro, você deve registrar suas despesas diárias (ou semanais, conforme achar mais confortável) em diferentes categorias. Por exemplo: renda (salário, rendimentos, pensões); despesas essenciais (moradia, transporte, alimentação, serviços domésticos e medicamentos); lazer (restaurantes, compras, academia etc) e extras (presentes, shows, viagens etc.).

 

Uma das chaves desse método é estabelecer categorias para saber em quais delas você gasta mais dinheiro.

 

Você pode estabelecer quantas categorias precisar e também usar cores diferentes, para torná-las visualmente mais atraentes. No fim do mês, é uma questão de subtrair: renda menos despesas. Simples, não é?

 

Mas isso não termina aqui, porque o kakebo é mais do que controlar o que você gasta, mas aprender a melhorar suas finanças.

 

 

O equilíbrio

 

A filosofia por trás do uso do kakebo é colocar ênfase em coisas que não podem ser dispensadas e aprender a se livrar daquelas que não são gastos essenciais.

 

A filosofia por trás do uso do "kakebo" é colocar ênfase em coisas que não podem ser dispensadas e aprender a se livrar daquelas que não são gastos essenciais.

 

Para fazer isso, quando chega o momento de avaliar quanto, como e com o quê gastamos o dinheiro, precisamos fazer um balanço respondendo a quatro perguntas-chave:

 

Quanto dinheiro você guardou?

 

Quanto dinheiro você gostaria de guardar?

 

Quanto dinheiro você está realmente gastando?

 

O que você mudaria no próximo mês para melhorar?

 

Os defensores do kakebo dizem que, por ser um método manual, te deixa mais consciente de onde você gasta o dinheiro e força a pensar sobre quais são os seus objetivos para a sua poupança ser mais eficaz.

 

A margem de economia, ele escreve, pode chegar a 35% da renda.

 

Em suma, o kakebo nada mais é que uma agenda financeira, recheada de tabelas onde se pode anotar os gastos e as despesas. Mas não é uma simples agenda. O kakebo também conta com espaços dedicados à reflexão sobre os êxitos, esforços e fracassos de cada mês. O livro ainda traz dicas sobre como controlar as finanças, sempre usando uma linguagem lúdica.

 

 

O livro nos leva a refletir sobre nossos hábitos de consumo. Nas primeiras páginas, por exemplo, um trecho explica que o porco é um símbolo de futuro e prosperidade e o lobo é um dos animais caçadores por excelência. “Neste Kakebo, o gasto é representado por um lobo voraz, que a cada fim de mês trava uma batalha contra o porquinho da economia”.

 

Se você quer começar a poupar e não sabe como, fica angustiado sempre que se aproxima o fim do mês, e raramente tem dinheiro disponível, deseja começar a controlar o seu consumo diário e a classificar as suas despesas em função das suas necessidades e priorizar seus gastos, de acordo com as suas necessidades diárias, esse livro é para você.

 

O kakebo poderá ajuda-lo a exercer um consumo mais responsável, no entanto é importante lembrar que o livro por si só não fará milagres. A eficácia do kakebo depende da força de vontade do usuário, em anotar seus gastos e estipular metas para que o objetivo final seja alcançado.

 

E aí, você está disposto a tentar usar essa agenda e fazer um balanço dos seus gastos?

 

Te convido a tentar, pois sem dúvida será muito útil para sua educação financeira.

 

Nota do Xperto: No livro KAKEBO Agenda de Finanças Pessoais na página 8 diz que o Kakebo não é um método, e sim uma ferramenta que tem por finalidade ajudá-lo a organizar seus gastos de maneira sistemática e fácil.

 

 

Fontes:

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-47739377

https://www.japaoemfoco.com/conheca-a-tecnica-japonesa-kakebo-e-organize-a-sua-vida-financeira/

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Archive

Redes Sociais:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

financexperto

Copyright © 2017 financexperto

Planeje seus gastos, pois planejar vem antes de gastar!!!

“Quem de vós, querendo fazer uma construção, antes não se senta para calcular os gastos que são necessários, a fim de ver se tem com que acabá-la?" Lucas 14:28

 

O desejo de consumo é inerente ao ser humano, mas sempre deve ser precedido pelo planejamento financeiro. Marcar os ganhos e os gastos, monitorar rotineiramente, e agir no dia-a-dia para não perder o controle gerenciando suas compras é fundamental.